Parlamento Metropolitano declara apoio ao Movimento Univales

Campo Bom - Univales - 27-10

Na noite desta terça-feira, 27, a Câmara de Vereadores de Campo Bom sediou a primeira audiência pública realizada pela Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Cultura e Esporte do Parlamento Metropolitano da Grande Porto Alegre. O evento foi promovido com o intuito de fortalecer o Movimento em Defesa da Implantação de uma Universidade Federal dos Vales dos Sinos, Paranhana, Caí e Encosta da Serra – UNIVALES e contou com a presença de vereadores, Secretários de Educação da região representantes do Movimento Univales Já, Promotoria Pública, representantes de Clubes de Serviço, estudantes, entre outros.

Everson Gross, membro do Movimento Univales Já, destacou a importância da implantação de uma universidade pública na região. “Somos a única região metropolitana do Brasil com densidade expressiva que não possui uma universidade pública”, enfatizou. Conforme Gross, o abaixo assinado coordenado pelo movimento já conta com mais de 80 mil assinaturas.

Eliane dos Reis, Secretária de Educação de Campo Bom, também confirmou o apoio do Executivo na luta do Movimento. “Não importa para nós o município onde a universidade irá se instalar, entendemos a importância dessa demanda e por isso o poder público sempre será parceiro”, ressaltou.

Presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Univales da Câmara de Campo Bom, o vereador Valter Lemos Jr. valorizou o encontro e ratificou a importância da Univales para toda a região. “Fui aluno de universidade pública e sei da importância. Uma universidade na região atenderia a muitas demandas das comunidades”, destacou.

Presidente da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Cultura e Esporte do Parlamento Metropolitano, a vereadora de Porto Alegre, Jussara Cony, declarou o apoio do Parlamento ao Movimento. “Somos parceiros desta causa e vou levar esse abaixo assinado para Porto Alegre e tenho certeza que toda a Câmara irá assinar”, enfatizou. “Vejo essa universidade sintonizada com as dinâmicas sociais e econômicas da região”, completou.

A audiência pública contou ainda com a contribuição de manifestações do público que expuseram suas ideias e realizaram questionamentos aos integrantes da mesa.

 

Cássios Schaab –  MTB/RS 17.777